A HISTORICIDADE DO PENTECOSTALISMO BRASILEIRO

  • Leida Marinho
Palavras-chave: Pentecostalismo, História, Movimento, Igreja, Religião

Resumo

O Pentecostalismo é o segmento religioso que mais cresce no Brasil, tem raízes tanto históricas como bíblicas, portanto, é considerado o maior e mais importante fenômeno religioso no início do século XX. Os pentecostais formaram um numeroso grupo religioso, que geraram uma nova classificação nos estudos da religião. O movimento teve origem nos Estados Unidos pelo trabalho de William Joseph Seymour que ficou conhecido pelo Avivamento da Rua Azuza, ocorrido em 1906. O Pentecostalismo tornou-se um fenômeno internacional e mundial e chegou ao Brasil em 1910 com o pastor Luigi Francescon que fundou a igreja Congregação Cristão no Brasil, e após ele, dois missionários suecos Gunnar Vigren e Daniel Berg. Neste trabalho, será abordada de forma sintética a história do Pentecostalismo, problematizando: de que modo foi iniciado o Pentecostalismo no Brasil? Com o objetivo central de analisar a sua origem, especificando o conceito Pentecostalismo e apresentando a sua história que se iniciou nos Estados Unidos e na Suécia, até assumir característica brasileira. Este artigo é o resultado de uma pesquisa bibliográfica que tem a intenção de analisar, conceituar e destacar o Pentecostalismo. Conclui-se que dentro do movimento existem os mais variados tipos de igrejas e de pessoas, propondo uma forma de religiosidade mais amena do que o Pentecostalismo anterior à década de 1970.Pentecostalismo

Publicado
2019-06-21